sábado, 15 de dezembro de 2012

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência comemorado na Escola Básica de Alvorninha


A comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, na Escola Básica de Alvorninha, teve lugar no dia 6 de dezembro. 
A professora Cristina Pereira dinamizou uma atividade que teve como público-alvo as turmas de 3.º e 4.º anos de escolaridade e com o objetivo de sensibilizar de forma positiva para as potencialidades da pessoa com deficiência. Assim, a professora Cristina efetuou uma breve contextualização ao “Dia Internacional da Pessoa com Deficiência” alertando para os direitos, necessidades e habilidades que a pessoa com deficiência detém.
Seguidamente foi projetado o vídeo intitulado “O Patinho Feio” como motivação para a discussão sobre Diferença/Deficiência/Inclusão e Limitações/Potencialidades, com um fundo de música clássica de Beethoven, compositor surdo. De seguida, os alunos viram um powerpoint realizado pela professora Cristina, no qual se destacaram os surdos, os atletas paralímpicos, os autistas e os cegos, através dos “olhos” do Crispim, personagem de aventuras das crianças, questionando os mesmos sobre as temáticas apresentadas, ressaltando as potencialidades da pessoa com deficiência e apresentando curiosidades que suscitaram muito interesse por parte dos alunos e dos professores das respetivas turmas. Foi proporcionado, igualmente, o contacto com um livro escrito em braille, que a maioria dos alunos nunca tinha apreciado. Por fim, os alunos pronunciaram-se sobre pessoas conhecidas da sua comunidade, destacando as suas potencialidades. 
O “Mural de Fotografias de Famosos” foi mostrado aos alunos e serviu de mote para a conclusão da atividade dinamizada pela docente de Educação Especial Cristina Pereira, conjuntamente com o pensamento “ O significado das coisas não está nas coisas em si, mas sim na nossa atitude em relação a elas.”, de Antoine de Saint-Exupéry que os alunos comentaram com entusiasmo. 
A dinamização desta atividade nas várias etapas realizadas decorreu na Biblioteca do Centro Escolar de Alvorninha com muito sucesso, pelo que se estendeu em cerca de trinta minutos para além do estipulado. Os alunos participaram ativamente e mostraram-se curiosos ao longo da dinamização da atividade desenvolvida.






sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

“Dia Internacional da Pessoa com Deficiência”



No passado dia 3 de dezembro de 2012, os alunos da Unidade de Apoio Especializado para a Educação de Alunos com Multideficiência, alunos Surdos do 1º Ciclo e alunos com CEI do Agrupamento, assistiram ao espetáculo “Cinderela em Patins”, no Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha, como forma de assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Deixamos aqui o nosso agradecimento ao CCC pela sua generosidade oferecendo os bilhetes para alunos e acompanhantes e também à Junta de Freguesia de Alvorninha e à Associação de Desenvolvimento Social da Freguesia de Alvorninha, pela oferta do transporte.
Na escola, durante todo o dia, foi apresentado um PowerPoint no átrio principal da Escola, com excertos de filmes dos Jogos Paraolímpicos, na modalidade de Boccia; as regras do Jogo e respetivo campo; fotografias dos “Encontros de Boccia”, onde os nossos alunos participaram; o qual foi visto com interesse pela comunidade educativa.
O jogo de Boccia, na Oficina 2, que decorreu durante a tarde, teve a participação do pessoal da secretaria e dos alunos. Foram momentos de interação muito agradáveis para ambas as partes.

Helena Maia
Teresa Miguel
Catarina Faustino
Nicola Henriques








quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Engenheiro Agrónomo veio à Escola Básica de Santa Catarina


No dia 20 de novembro de 2012 veio à Escola Básica de Santa Catarina o engenheiro agrónomo Marco Gerónimo.
Foram convidados todos os alunos do 6º ano e os alunos que frequentam Hortofloricultura, para assistirem a uma breve apresentação do seu trabalho na área da agricultura biológica.
 Dirigimo-nos todos para a horta da escola e a professora Helena Maia fez um resumo do trabalho desenvolvido o ano passado e referiu que a professora Susana Silva, em conjunto com alguns dos seus alunos, irá dar continuidade a este projeto. Depois apanhou algumas ervas aromáticas da horta – alecrim, hortelã, lúcia-lima, e fomos todos para a Oficina 2. Ali, cheiramos e identificamos as ervas apanhadas e conversamos um pouco sobre a sua utilidade.
O engenheiro Marco mostrou-nos um Vermicompostor e explicou como funcionavam as suas quatro partes. A primeira onde se colocavam os restos de comida e até cartão e cascas de ovos, a segunda e terceira parte onde se viam os transformados - composto, e a quarta parte onde se depositava um líquido – fertilizante, tudo graças às minhocas australianas.
Depois houve tempo para esclarecimentos sobre produtos biológicos e sua produção e o engenheiro Marco respondeu a todas as questões. Recomendou que em nossas casas, em vez de colocarmos os restos no lixo, deveríamos dá-los aos animais ou então criar um compostor.
No final, agradecemos ao engenheiro Marco a sua visita.

Liliana Querido, nº8, 6º C