domingo, 31 de outubro de 2010

Dia 16 de Outubro comemorou-se o Dia Mundial da Alimentação

No âmbito do Projecto Promoção e Educação para a Saúde e das comemorações do Dia Mundial da Alimentação foi aberto, para todos os alunos do Agrupamento, um concurso de receitas, de sopas com ervas aromáticas.
O júri constituído pela equipa da Biblioteca e pela equipa coordenadora do Projecto Promoção e Educação para a Saúde teve a tarefa de escolher as cinco sopas mais saudáveis que, serão confeccionadas, nos refeitórios das escolas do Agrupamento, durante a semana de 22 a 26 de Novembro, data em que o Agrupamento receberá a visita de escolas parceiras do Projecto Comenius.

Os grandes vencedores do concurso foram:

A Teresa, a Carolina e a Leonor do JI das Antas, com a receita de sopa de tomate;
A Camila Freitas da sala 2, do grupo A do JI de Alvorninha, com a receita da sopa de cenoura com coentros;
O Manuel Trindade do grupo B do JI de Alvorninha, com receita da sopa de feijão verde;
O Lourenço Silva da sala 2, do grupo A do JI de Alvorninha, com a receita da sopa de ervilhas com coentros;
A Alexandra Constantino do 6.º B da EBI/Ji de Santa Catarina com a receita da sopa de favas.
Parabéns a todos os que participaram e aos educadores/professores que os incentivaram.

Para assinalar as comemorações do Dia Mundial da Alimentação/Semana da Alimentação esteve patente no polivalente da EBI/JI, entre os dias 18 e 22 de Outubro, uma exposição onde foram apresentadas as receitas vencedoras, frases e desenhos alusivos ao tema, a roda dos alimentos, a pirâmide da actividade física e trabalhos elaborados pelos alunos do 9.º A (ementas saudáveis, combinações alimentares perigosas, bulimia e anorexia).



A verdadeira Roda dos Alimentos, na EB de Alvorninha!

Nada melhor do que uma verdadeira Roda dos Alimentos para assinalar o Dia Mundial da Alimentação.
Foi essa a tarefa dos alunos da EB de Alvorninha! Com os alimentos que cada um trouxe de sua casa, construíram a Roda dos Alimentos que decorou o refeitório durante a hora do almoço.
Depois, na Biblioteca, os mais novos viram e ouviram a história da “Lagartinha Comilona” e os mais velhos “A aventura dos Alimentos”.
As conversas foram muitas, o entusiasmo foi grande… todos participaram e aprenderam como é importante termos uma alimentação saudável!


Na EB1 das Relvas comemorou-se assim...


Na sexta-feira, dia 15 de Outubro, comemorámos o dia da alimentação, na nossa escola.
Inicialmente, juntámo-nos com os meninos da outra turma e estivemos a ver alguns powerpoints sobre a alimentação. Primeiro vimos as histórias: “A casa da Mosca Fosca” e “Uma corrida marada” e depois vimos uma apresentação sobre a importância de uma alimentação variada e equilibrada.
De seguida, as professoras fizeram um jogo de adivinhas relacionadas com os alimentos.
À tarde, com a fruta que todos nós trouxemos de casa: maçãs, laranjas, pêras, tangerinas, dióspiros, bananas, uvas, pêssegos, figos… fizemos espetadas de fruta que ficaram muito coloridas e saborosas.
Por fim, a nossa professora ensinou-nos uma canção sobre a alimentação, que cantámos em coro.

Foi um dia muito divertido, no qual aprendemos coisas novas e muito importantes de uma forma diferente e com muita animação. 
Texto elaborado colectivamente pelos alunos da Turma B

  Na EB1 do Casal da Marinha, os alunos fizeram uma canção
      

Dia Nacional dos Castelos

No passado dia 7 de Outubro celebrámos o Dia Nacional dos Castelos na nossa escola. Esta actividade resultou de uma articulação entre o Departamento de Ciências Sociais e Humanas e a Biblioteca Escolar. 
O Dia Nacional dos Castelos celebra-se desde 1984, altura em que foi estipulado que a celebração decorreria no primeiro sábado do mês de Outubro. Em 2003, fixou-se a data no 7 de Outubro.
Durante séculos, os castelos serviram para defender localidades de ataques inimigos. Eram construídos em locais altos, onde se pudesse ver com facilidade os inimigos a chegarem. Sempre bem protegidos, eram edificados para resistirem a quase tudo. Por terem deixado de ter esta utilidade, muitos acabaram por ficar em ruínas. Outros sofreram restauros profundos e continuam orgulhosamente a marcar presença nas nossas vilas e cidades.

Os alunos produziram castelos nos mais variados materiais, os quais foram exposto à comunidade escolar no polivalente da EBI Aí, durante alguns dias puderam ser vistos e admirados por todos. Foi grande a curiosidade dos visitantes, que assim puderam ver ao perto os muitos pormenores e originalidade que todos puseram ao serviço da actividade. Aos alunos esteve ainda reservada uma outra tarefa, escolher através de votação o seu castelo favorito entre todos os que estavam expostos. Essa votação decorreu na biblioteca escolar, tendo sido utilizado um processo o mais aproximado possível aos das eleições. 
A participação foi grande tendo sido registado quase duas centenas de votos. Após o apuramento dos resultados, o grande vencedor foi o castelo número vinte e um, da autoria dos alunos Daniel e Tony do 6º B.
Os alunos vencedores
O castelo vencedor
A actividade superou largamente as expectativas, pelo que todos os participantes estão de parabéns por terem contribuído entusiasticamente para o sucesso desta comemoração. 


O 5 de Outubro explicado às crianças


No dia 6 de Outubro, logo ao início das aulas, os alunos dos 3º e 4º anos da nossa escola foram à biblioteca assistir a uma apresentação em powerpoint intitulada “ O Fim da Monarquia – 5 de Outubro de 1910” baseada no livro com o mesmo título da Editora QUIDNOVI. Procurou-se sensibilizar os alunos para o panorama político e social da época, mais precisamente para o que se passou desde o ultimato inglês em 1890.
Penso que a aposta foi ganha, pois possível dar um fio condutor aos acontecimentos, levar os alunos a perceberem o movimento republicano e que representou e representa para nós, a julgar pela pertinência dos comentários dos alunos.
Depois da vez dos alunos mais velhos seguiu-se a dos alunos dos 1º e 2º anos e, desta feita, puderam apreciar dois álbuns fotográficos digitais com fotos tiradas entre 1900 e 1911. A ideia era mostrar aos alunos as fotos, como se tratassem de álbuns de família e, em amena conversação, ouvir os seus comentários, responder às suas questões e desta forma ajudá-los a construir o cenário daquela época. O interesse que os alunos depositaram nesta actividade evidenciou-se, por exemplo, com a observação que fizeram ao facto de muitas crianças, naquele tempo, andarem descalças, enquanto outras se vestiam com muito cuidado. Ficaram admirados com o aspecto que tinham, então, alguns objectos que hoje também fazem parte da vida das pessoas.
Duas formas diferentes de se abordar “O 5 de Outubro de 1910”, mas o mesmo propósito: levar os alunos a compreenderem como viviam, o que desejavam e o que fizeram os portugueses há cem anos.

sábado, 30 de outubro de 2010

Bandeira gigante para assinalar a Implantação da República

Para celebrar o Centenário da Implantação da República Portuguesa fizemos uma bandeira de três metros de comprimento e dois de altura, com caixas de ovos.
Este projecto foi realizado pelas turmas A e B da escola de Carvalhal Benfeito, com a ajuda das professoras.

                                          Para a concretização deste projecto precisámos de setenta e duas caixas de ovos. Pintámos, em conjunto, trinta e duas de vermelho, vinte e quatro de verde e doze de castanho.
A turma B pintou a esfera armilar e o escudo e a turma A os castelos e os escudetes. Esta bandeira enorme foi fixada no refeitório da nossa escola.
Aproveitamos para agradecer a ajuda do marido da professora da turma A, que nos esboçou a esfera armilar e o escudo. 
Foi isto que aconteceu na nossa linda e fantástica escola.
Alunos 4ºano
Escola de Carvalhal Benfeito
 

A "revolução" do 5 de Outubro na EBI/JI de Santa Catarina

Inauguração do painel
No passado dia 6 de Outubro o espírito republicano tomou conta da Escola Básica Integrada de Santa Catarina com a comemoração do Centenário da República. A “revolução” teve o seu início na escadaria dos alunos de 3º ciclo com a inauguração do painel de azulejos, obra de magníficos artistas do 6º ano, turma B, do ano lectivo anterior, que com o apoio dos professores de EVT deram largas à imaginação e criaram arte para deleite geral da nossa escola.

Apresentação do "Soldado Milhões"

Após o entoar do hino nacional, a Biblioteca tornou-se o foco da cultura republicana, de manhã, com a leitura aos alunos do 1º ciclo, no âmbito das “histórias com História…”, das aventuras do “Soldado Milhões”, um herói até hoje anónimo da 1ª Guerra Mundial. 



Leitura "Dias da Revolução Republica!

Da parte da tarde, os alunos de 9º ano foram os convidados de honra da leitura dramatizada, pela professora Sónia Araújo, dos “Dias da Revolução Republicana”. A nossa Biblioteca tornou-se por momentos na sala de estar de uma testemunha dos acontecimentos que há cem anos mudaram o país e que para muitos dos jovens presentes era uma realidade desconhecida.
O Soldado Milhões, aos olhos da Beatriz António, do Simão, da Cláudia, da Margarida, da Mariana e da Beatriz Quitério do 3.º C da EBI/JI

Dia 1 de Outubro comemorou-se o Dia Mundial da Música

A biblioteca da EBI/JI de Santa Catarina, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Música promoveu uma exposição, com a finalidade de dar a conhecer à comunidade escolar, o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Banda da Sociedade Filarmónica Catarinense.
A exposição contou com a colaboração da Sociedade Filarmónica, que nos cedeu alguns instrumentos musicais, informação e outros materiais de divulgação do seu trabalho. 
Foram muitos os visitantes e houve lugar a visitas guiadas pela assistente operacional, Irene Bairros, ao serviço na biblioteca. 
Os mais entusiastas foram os mais pequenos, que ao som da marcha de Santa Catarina, até deram uns passos de dança!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A Francisca Sousa do 4.º D da EBI/JI trouxe notícias do Eco-Escolas

No dia 24 de Setembro, festejou-se, em Ourém, o Dia das Bandeiras Verdes. Estiveram presentes alunos e professores de todas as escolas a nível nacional. Para representar a minha escola “EBI/JI de Santa Catarina” foram quatro professores, incluindo a minha professora, a professora Jacinta. Fui eu e a Sofia representar o projecto “Geração Depositrão” e foram mais quatro meninas dos outros ciclos que representavam outros projectos.
Iniciámos a viagem pelas 8h e 30 minutos e chegámos a Ourém por volta das 9h e 30min. Quando chegámos, vimos umas bancadas com várias ofertas: t-shirts, um saco com algumas informações, lembranças e também um lanche.
Seguimos para ver a exposição de alguns trabalhos realizados pelos alunos das várias escolas sobre o “Eco-Escolas”. De seguida, fomos ver a tenda do projecto “ Geração Depositrão”, onde nos ofereceram uma bola e um livro. Cumprimentámos o “Fresquinho”, a “Vapores”, O “Grandão” e o “Antenas” que são personagens do nosso teatro de fantoches. Eram muito simpáticos. Vimos alguns alunos a praticar slide. Fomos ao pavilhão onde decorriam muitas actividades, como fazer fósseis e pintura facial. Também nos ofereceram vários folhetos informativos. De seguida, fomos almoçar, onde conversámos e convivemos.
Depois, fomos buscar umas pulseiras para assistirmos ao circo que foi muito divertido.
No final do espectáculo, dentro da tenda de circo, foi feita a entrega dos galardões às escolas participantes. Por fim, regressámos à escola cheios de alegria onde os nossos pais nos esperavam!

Entrega do Galardão Eco-Escolas


Mais uma vez a nossa escola foi premiada com o Galardão Eco-Escolas


Foi no passado dia 24 de Setembro que alguns alunos e professores da nossa escola se deslocaram a Ourém para receber, pela décima primeira vez consecutiva, o Galardão Eco-Escolas e respectiva bandeira. Para além do Galardão, a nossa escola recebeu também o primeiro prémio do cartaz “CÓDIGO DA ENERGIA”, executado pela turma A do 5º ano com a orientação dos professores Susana Silva e Alberto Santos. Este trabalho estava inserido no projecto ESCOLA DA ENERGIA.
  
Este dia visto pelos alunos

No dia 24 de Setembro fomos receber o prémio da entrega do Galardão Eco-Escolas. Às oito horas e trinta minutos estavámos a caminho de Ourém. Quando chegámos, fomos receber o programa do dia. Logo de seguida, fomos buscar o lanche que o Hipermercado “Modelo” nos ofereceu e uma T-Shirt que foi oferta da ABAE.
Tirámos fotografias com os elementos da “Geração Depositrão”. Participámos num jogo sobre a água, uma iniciativa da “SIMLIS”, grupo Águas de Portugal.
Passado algum tempo fomos ao circo com a professora Susana Silva, para receber o certificado e o prémio que a escola ganhou, por ter participado no concurso “Cartaz Código da Energia”. Almoçámos no jardim.
Depois do almoço fomos aos insufláveis e participámos noutras actividades, após o que fomos ao circo enquanto outros colegas fizeram RAPEL. Entretanto, no circo, recebemos o Galardão e a bandeira.
No final, ofereceram-nos gelados e pipocas.
Foi um dia inesquecível!
 Texto elaborado pela Inês e pela Márcia da turma A do 6.º ano

terça-feira, 26 de outubro de 2010

EB de Alvorninha… uma Escola nova e bonita!

Há muito que, na freguesia de Alvorninha, se ansiava por uma escola nova com melhores condições, não só em termos de edifício, mas também ao nível da possibilidade de concretização de novos projectos pedagógicos.
 Agora que já mudámos de casa… o entusiasmo é enorme e contagia toda a comunidade educativa no desafio de tornar este espaço humanizado, bonito e agradável para todos quantos o habitam ou visitam. Os nossos pequenos artistas meteram mãos à obra e eis que surgiram belas telas que dão à nossa nova casa o colorido, a beleza e a alegria que todos queremos! 

O primeiro dia de aulas dos alunos do 1.º Ciclo, na EBI/JI



Iniciámos uma nova caminhada escolar, neste ano lectivo, na EBI/JI de Santa Catarina.Ficámos muito felizes com a recepção, pois tínhamos à nossa espera as professoras e os nossos padrinhos / madrinhas que, muito amavelmente, nos mostraram todos os espaços da escola. 

Ganhámos amigos! Para selar esta amizade, estampámos as nossas mãos direitas, juntinhas, num cartaz que vai ser exposto na nossa escola. 
Os alunos do 1.º ciclo